Notícias

Imprensa centenária portuguesa vai candidatar-se a Património Mundial da UNESCO

“Açoreano Oriental”
“Açoreano Oriental”

Os jornais portugueses que ultrapassaram a marca dos cem anos pretendem ser classificados como Património Mundial da UNESCO.

A candidatura, promovida pela API – Associação Portuguesa de Imprensa, inclui 21 jornais centenários ou perto de atingir essa marca, 19 dos quais são de âmbito regional. A API espera que o apoio governamental que permitirá o avanço da candidatura chegue ainda este mês.

O projeto da candidatura começou no primeiro Encontro Nacional da Imprensa Regional Centenária e foi apresentado a Francisco José Viegas, então secretário de Estado da Cultura. A API pretende agora conquistar o apoio do novo secretário de Estado, Jorge Barreto Xavier, e do responsável pela pasta da comunicação social, Feliciano Barreiras Duarte.

Caso obtenha sucesso, a APi irá organizar uma exposição itinerante sobre a imprensa regional, divulgando informações sobre aos jornais centenários e fazendo uma compilação das suas primeiras páginas.

Há outras cinco publicações que, nos próximos cinco anos, se tornarão centenárias. A longevidade dos jornais portugueses deve-se ao facto de grande parte deles pertencerem originalmente a famílias ou associações sem fins lucrativos, que viam na elaboração dos jornais uma missão para comunidade local, ou a tipografias, que conseguiam imprimi-los com custos marginais.

A ausência de conflitos de grande dimensão no território nacional proporcionou também a manutenção dos periódicos ao longo das décadas, bem como o importante papel que a imprensa regional conquistou no contexto político nacional, principalmente no fim da monarquia e durante o período revolucionário da I República.

O “Açoreano Oriental”, fundado em 1835, é apontado como o mais antigo jornal português.
15/01/2013

Galeria

Sid Kerner, “Vendedor de jornais e revistas”, Rua do Regedor, 1967 in Arquivo Fotográfico da C.M.L.
Sid Kerner, “Vendedor de jornais e revistas”, Rua do Regedor, 1967 in Arquivo Fotográfico da C.M.L.
Sid Kerner, “Vendedor de jornais e revistas”, Rua do Regedor, 1967 in Arquivo Fotográfico da C.M.L.

© Copyright Gecorpa. Todos os direitos reservados.
Develop By: Primeway - Creative Business Solutions